Diretrizes para o período de operação restrita do Pix – 03 a 15.11.2020

O Banco Central do Brasil reforçou que, de acordo com o disposto no art. 109 do Regulamento do Pix, a participação na fase de operação restrita é mandatória para as 762 instituições que foram aprovadas nas etapas cadastral e homologatória. Leia mais nesse post.

Segurança contra fraudes: instituições precisam mostrar à população que o PIX é seguro

(…) do ponto de vista de utilidade pública, realmente é necessário que haja uma atenção especial para esse tema, para educar as pessoas e orientá-las a fazer seus cadastros da forma correta. A mídia cumpre seu papel ao alertar as pessoas para que se mantenham bem informadas e evitem cair em golpes, e é preciso que haja o mesmo comprometimento por parte tanto do Banco Central quanto das instituições financeiras que oferecem a ferramenta.

No lançamento do PIX, bancos ficam fora do ar hoje (05 de outubro)

Instituições financeiras estão sofrendo instabilidade no acesso aos serviços online nesta segunda-feira (05). Itaú, Santander, Banco do Brasil, Banco Inter, Nubank e Bradesco são os bancos com mais reclamações no Down Detector até o início da tarde de hoje.

PIX será ‘tão seguro quanto’ outros sistemas de pagamento, diz diretor do BC

João Manoel Pinho de Mello, diretor do Banco Central, afirmou que o PIX, novo sistema de pagamentos brasileiro, é “um meio de pagamento tão seguro quanto outros meios que já existem” e que os procedimentos de segurança foram feitos do zero, da forma mais moderna que se conhece.

Como os bancos estão se preparando para oferecer o PIX aos seus clientes?

Com lançamento previsto para novembro deste ano, o PIX tem sido pauta frequente no noticiário econômico e vem despertando a curiosidade da população. Já falamos bastante sobre esse tema, mas a menos de dois meses do lançamento do produto no mercado, é interessante entender como as instituições financeiras estão se preparando para oferecer essa ferramenta.

PIX: Ações de Comunicação e Uso da Marca.

Conforme regramento previsto no corpo do Regulamento e no Manual de Uso da Marca, que o compõe, e reforçado nas reuniões plenárias do Fórum Pix, é de obrigação dos participantes assegurar o uso coerente e consistente da marca e adotar ações de comunicação alinhadas à estratégia definida pelo Banco Central do Brasil, de forma que o Pix possa ser claramente compreendido pelo usuário final e, assim, alcançar o seu potencial de uso, gerar os benefícios esperados à população brasileira, aumentar a eficiência no setor, fomentar a eletronização dos pagamentos e promover um ambiente competitivo a partir de bases equitativas. (Leia mais).

PIX pode ajudar o varejo a economizar e conquistar os clientes

O PIX é visto como bons olhos no setor. Um dos principais fatores é a economia e as vantagens do varejista ao realizar uma transação. “O sistema vai ajudar a empresa a ter menor custo para o recebimento do pagamento, além de oferecer mais segurança e rapidez na transação”, diz Jorge Gonçalves, conselheiro e coordenador do comitê financeiro do Instituto para Desenvolvimento do Varejo.