Pix, novo sistema de pagamentos, começa a funcionar 100%.

Por Portal UOL Economia em 16.11.20

O Pix, novo meio de pagamentos criado pelo Banco Central, entra em operação plena nesta segunda-feira (16), após passar duas semanas em testes com funcionamento limitado por volumes e horários. Agora, todas as 762 instituições financeiras e mais de 50 milhões de clientes já cadastrados poderão usar a plataforma, que vai funcionar 24 horas por dia, todos os dias do ano.

Antes de entrar em pleno funcionamento hoje, o Pix passou por uma fase de operação controlada, com funcionamento apenas para 5% da base de clientes dos bancos e em horários limitados.

Estabilidade do Sistema
O Banco Central diz que o serviço pode apresentar alguma instabilidade para algumas instituições financeiras nos dias iniciais de operação, mas destacou que isso faz parte do processo e que não vão prejudicar as operações. Segundo o Banco Central, os sistemas são seguros e todas as instituições financeiras estão preparadas para operar na plataforma.

Atenção com as fraudes
O Banco Central e a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) alertam que os consumidores devem ficar atentos às tentativas de fraudes, já que golpistas costumam aproveitar novidade do mercado para explorar descuidos de consumidores. Atenção redobrada com falsos links enviados por e-mail ou pelo Whatsapp, é uma das dicas mais importantes, segundo o BC e a Febraban.

Os clientes devem usar apenas os canais de comunicação oferecidos pelas instituições financeiras para realizar as transações. Se algo novo tiver que ser apresentado pela instituição financeira ao cliente, essa novidade será comunicada por meio de um canal que esse cliente já utiliza, como o app do celular, o internet banking ou terminal eletrônico da agência. Se algo diferente aparecer, a dica é checar com a instituição financeira antes de tomar qualquer iniciativa.

Segundo o Banco Central, em caso de fraudes, caberá ao prestador de serviço de pagamento – a instituição financeira na qual a chave Pix está cadastrada – a análise do caso o eventual ressarcimento, a exemplo do que ocorre hoje em outras modalidades de fraudes bancárias.

Imagem: IStock

Publicado por AFRAC

Fundada em setembro de 1987, a Associação Brasileira de Automação para o Comércio (AFRAC) foi inicialmente criada para representar os interesses de fabricantes e revendedores de equipamentos para o setor. Unindo esforços e se engajando a outras Entidades para fortalecer o segmento no Brasil, nos tornamos uma entidade multissetorial, sem fins lucrativos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: